09/01/2018

Variedades do IMAmt são temas de dois episódios de websérie

Alguns dos resultados do Programa de Melhoramento Genético do Instituto Mato-grossense do Algodão são apresentados ao público nos dois mais recentes episódios da Websérie IMAmt Notícias. O Programa tem como objetivo desenvolver cultivares com alto potencial produtivo, bom rendimento e qualidade de fibra, atendendo às demandas dos produtores mato-grossenses.

A cultivar IMA 7501WS é tema do sétimo episódio da websérie IMAmt Notícias. Trata-se de um material extremamente rústico e altamente produtivo, contendo a tecnologia WideStrike (WS), que lhe confere controle das principais lagartas do algodoeiro.  Coordenador de Pesquisas e Difusão de Tecnologias do IMAmt, Marcio de Souza avalia o material como ideal para o plantio de algodão safra na região Sul de Mato Grosso e também para a abertura de áreas de algodão segunda safra em todos os núcleos regionais do estado.

Com relação a doenças, o fitopatologista Rafael Galbieri diz que IMA 7501WS tem resistência à bacteriose e à doença azul, moderada resistência à ramulária e tolerância a nematoides. "É um material recomendado no manejo de doenças na cultura", comenta.  No vídeo, o engenheiro agrônomo Ueverton Rizzi, da Cooperativa Mista de Desenvolvimento do Agronegócio (Comdeagro), fala sobre os cuidados que essa cultivar exige.

IMA 6501B2RF – Em outro vídeo da websérie, o destaque é a Variedade IMA 6501B2RF, que contém a tecnologia Bollgard II Roundup Ready Flex (B2RF), apresentando resistência ao herbicida glifosato em todos os estágios da lavoura e às principais espécies de lagartas que atacam o algodoeiro. Trata-se de uma cultivar de ciclo médio, com alto potencial produtivo, ideal para o plantio de algodão de segunda safra, principalmente.

Segundo Márcio de Souza, a característica mais marcante dessa cultivar é a "rápida frutificação do terço médio e do ponteiro do algodão".  O gerente comercial da Comdeagro, Antônio Neto, e Ueverton Rizzi, falam sobre outras características da Variedade IMA 6501B2RF e abordam os cuidados que devem ser tomados para que expresse o melhor resultado. O fitopatologista Rafael Galbieri informa que o material é resistente à bacteriose e à doença azul, e ainda tem moderada tolerância a nematoides.

Esses dois vídeos já estão disponíveis nos sites institucionais do IMAmt (www.imamt.com.br) e da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (www.ampa.com.br), juntamente com outros episódios da websérie, que está sendo produzida pela TV1 Produtora, sob a supervisão da pesquisadora Patrícia de Andrade Vilela.

Clique aqui para conferir o Episódio 6 sobre a Variedade IMA 6501B2RF. O Episódio 7, sobre a Variedade IMA 7501WS, pode ser conferido aqui.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Ampa

 

Copyright © IMA - Instituto Mato-Grossense do Algodão.
Rua Eng Edgard Prado Arze, 1777 Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015
(65) 3321-6455/6482